terça-feira, 3 de agosto de 2010

TRE VOTA POR UNANIMIDADE A FAVOR DE INÊS


TRE defere candidatura de Inês Pandeló à deputada estadual

O Tribunal Regional Eleitoral do Estado do Rio de Janeiro (TRE) deferiu ontém, dia 2 de agosto, por unanimidade, o registro da candidatura de Inês Pandeló à deputada estadual pelo PT, afastando qualquer possibilidade de inelegibilidade. O TRE julgou improcedente o pedido do Ministério Público Estadual (MPE). "Os três processos que o Ministério Público se embasou para pedir a impugnação de minha candidatura para as eleições de 2010 já haviam sido julgados e arquivados pelo Tribunal de Contas do Estado. A justiça foi feita. A verdade tarde mais não falha, é a reparação parcial de uma injustiça", esclareceu.

Os processos jugados e arquivados pelo próprio Tribunal de Contas do Estado, que de forma inexplicável serviram de base para a interpelação judicial contra a deputada, datavam da época em que ela foi prefeita do município de Barra Mansa (1997/2000), situado na região sul do Estado do Rio, onde, segundo fontes, ela possui adversários políticos que exercem forte influência junto aquele tribunal de contas.

Apesar disso, a mídia carioca concedeu ampla divulgação da ameaça de impugnação da sua candidatura, tanto em algumas emissoras de rádio e tv, quanto em jornais impressos, o quê, para um dirigente petista ouvido por este blog, trazia clara motivação de atingir a imagem do PT, já que Inês, além de ser líder do partido na Assembléia Legislativa, era a única petista que constava na lista divulgada

Algo que, segundo a deputada," não desmobilizou a campanha a reeleição, mas causou danos a minha imagem, sempre identificada ao longo de minha trajetória pela defesa da ética na política, que precisam ser reparados, junto a amigos, apoiadores, leitores e ouvintes desses meios de comunicação ", declarou Pandeló.

A deputada, que é jornalsta, salienta que para o bem do bom jornalismo, seria oportuno que tal notícia não só em relação a ela, mas aos demais interpelados, julgados e absolvidos, ganhasse repercussão semelhante na mída.

"Vamos ver se os meios de comunicação pelo menos divulgam agora a lista das candidaturas julgadas e absolvidas pelo Tribunal Regional Eleitoral do Estado do Rio de Janeiro. Contamos que a militância petista e os amigos e amigas da campanha, divulguem amplamente esta notícia", finaliza Inês Pandeló, que busca pela segunda vez a reeleição à Asembléia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro

Um comentário:

jane disse...

Parabéns!!! só quem não conhece essa nossa companheira é que tinha duvidas,bjs Jeanne Guedes