sábado, 24 de janeiro de 2009

CRESCE O APOIO AO TEATRO CASA GRANDE

Com a presença de mais de mais de 150 pessoas, o ato em defesa do Centro Cultural Casa Grande (CCCG) foi um sucesso.

Compareceram vários artistas, cineastas, músicos, entidades da sociedade civil, intelectuais e parlamentares. Entre eles podemos citar: Paulo Goulart e Nicete Bruno, Edino Krieger, Tim Rescala, Pery Ribeiro, Claudia Alencar, Eunice Gutman, Maurício Azedo (presidente da ABI), Sérgio Batalha (presidente do Sindicato dos Advogados e conselheiro da OAB-RJ), Eliomar Coelho, Aspásia Camargo e Reimont (vereadores pelo P-SOL, PV e PT, respectivamente) e o ex-senador Saturnino Braga.

O governo do Estado - proprietário dos andares vazios que se encontram en cima do Teatro Oi Casa Grande, objeto da reivindicação - proibiu a entrada no local. Então, foram ocupados o foyer e as escadas do teatro, num evento cuja mesa foi formada por Moysés, do Casa Grande - que fez um relato do histórico da situação - e por Marcelo Barbosa, diretor do Instituto Casa Grande (ICG), a ONG que deverá gerir o futuro Centro Cultural Casa Grande (CCCG).
Cada um dos presentes recebeu um envelope com cópias dos documentos que historiam e comprovam a reivindicação.

Após várias intervenções contra a privatização do espaço público e a favor do CCCG, foi distribuído um abaixo-assinado e organizada uma comissão de entidades e de personalidades, liderada pela ABI e pela OAB-RJ, que tentará agendar, imediatamente, uma audiência com o governador Sérgio Cabral Filho, para a suspensão do leilão de privatização, marcado para esta terça, dia 27 de janeiro.

Contato: Kadu Machado 21-9212-3103

3 comentários:

Anônimo disse...

olá Flávio, espero que o nosso mandato tenha feito presença no ato do Teatro Casa Grande, quero acompanhar esta luta.
Olha abri um blog: wwwmais inespandelo.blogspot.com.
entra´lá!

Inês Pandeló disse...

olá Flávio, espero que o nosso mandato tenha feito presença no ato do Teatro Casa Grande, quero acompanhar esta luta.
Olha abri um blog: wwwmais inespandelo.blogspot.com.
entra´lá!

Rosemary Siqueira disse...

Essa luta precisa ser divulgada e abraçada por todos aqueles que apreciam a arte. Cultura nunca foi demais e temos no Rio de Janeiro poucos lugares tão finos e ecléticos como esse. Parabéns pelo apoio. Estou dentro!